Heterosexuais - CONVENCI MINHA NAMORADA A DAR O CU, MAS ACABEI SENDO ENRRABA - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


CONVENCI MINHA NAMORADA A DAR O CU, MAS ACABEI SENDO ENRRABA

Ver todos os Contos Eróticos de mrgamineirosafado

Referência (ID): 426
Oi pessoal estou de volta com mais uma aventura da minha inf√Ęncia, como no relato anterior estava namorando uma garota chamada Vanessa, e depois da orientadora nos pegar transando na sala de educa√ß√£o f√≠sica, est√°vamos tentando arrumar outro lugar para transar, num belo dia convenci ela de matar aula comigo e ir at√© o parque das mangabeiras, quem conhece BH sabe onde √© ele aceitou rapidinho nos encontramos na frente do col√©gio e pegamos o bus√£o para subir at√© as mangabeiras, no caminho eu tentava convenc√™-la de dar sua bundinha pra mim, tava dif√≠cil convenc√™-la, chegamos ao parque e fomos pegar trilhas depois de alguns minutos trilha adentro paramos num lugar que passava um riacho tinha umas pedras grandes e alguma arvore de tronco grosso, da√≠ parti pra cima dela e j√° comecei a tirar sua roupa ela agarrou meu pau abriu minha cal√ßa e abaixou e come√ßou a me chupar, que delicia de boca ela tinha, da√≠ a coloquei de costas pra mim encostada num tronco de arvore e passava meu cacete na sua bucetinha rosada e subia ate seu cuzinho que era rosadinho tamb√©m agachei atr√°s dela e comecei a chup√°-la, me concentrei no seu cuzinho ela se agarrava na arvore e gemia muito, da√≠ levantei e empurrei meu cacete bem fundo na sua bocetinha, e comecei a fud√©-la depois de alguns minutos ela disse que tentaria dar o cuzinho pra mim, eu pirei na hora e lambuzei bastante seu cuzinho e come CEI a brincar com os dedos no cuzinho dela, depois de alguns minutos coloque a cabe√ßa da rola e comecei a for√ßar a entrada, era dif√≠cil, pois seu cuzinho era bem apertado, mas com muita insist√™ncia a cabe√ßa entrou, ela contraiu, eu pedi para ela relaxar, pois assim n√£o doeria, ela relaxou , dei um tempo e comecei a for√ßar de novo o pau entrou bem devagarzinho ate o talo, fiquei parado de novo mexendo o grelinho dela, ela come√ßou a sentir tes√£o e come√ßou a rebolar no meu cacete, da√≠ comecei a fode-la, tava uma delicia comer seu cuzinho, mas tudo que e bom pode piorar, quando eu olho pro lado dois policiais a Cavalo nos vendo, eu tirei o pau correndo do cuzinho dela, ela arregalou os olhos, e os policiais s√≥ disseram: bonito heim. Desceram do cavalo e vieram em nossa dire√ß√£o, da√≠ Vanessa se abaixou pra pegar as roupas e um dos policias o branco, pois era um negro e um branco, falou pra ela n√£o se preocupar com as roupas, pois ela n√£o precisaria por enquanto, e chegou perto dela pegou sua m√£o e levou ate o pau dele, eu falei pra ele que ele n√£o podia fazer aquilo, pois √©ramos menores de idade, da√≠ o neg√£o chegou perto de mim me deu uma tapa na cara e falou pra eu ficar quieto, pois se n√£o ele levaria os dois pra delegacia depois nos levaria em casa e falariam para os pais dela e os meus, da√≠ calei a boca o neg√£o olhou pra minha bunda branquinha e falou pro seu parceiro, come ela que vou comer este viadinho aqui pra ele saber como e comer um cuzinho, o policial branco encostou a Vanessa na arvore e empurrou seu pau pra dentro do cuzinho dela, quando a geba entrou ela deu um grito e come√ßou a chorar, pois a rola dele era enorme e grossa, ele dizia pra ela gritar bem alto, pois ningu√©m escutaria e ele iria esfolar o cuzinho dela, enquanto isto o neg√£o me obrigou a me agachar e chupar o pau dele, eu como j√° tinha chupado dois paus em outras ocasi√Ķes chupei com gosto o dele que n√£o era t√£o grande como do seu parceiro, mas era torto pra direita, da√≠ eu olhei pro lado da Vanessa e ela chorava muito e o policial nem se preocupava e mandava ver no cuzinho dela, o neg√£o me levantou me coloquei de quatro numa pedra, eu j√° sabia que iria sofrer e decidi ag√ľentar firme, ele encostou seu pau no meu cuzinho e empurrou sem d√≥, que dor infernal, dei um grito maior do que a Vanessa, ele come√ßou a me foder com muita for√ßa, depois de longos minutos sendo enrrabado, eles nos colocaram um de frente pro outro e continuaram a nos foder, e diziam um pro outro olha a putinha e o viadinho consolando um ao outro e fodiam nossos cuzinhos com gosto, depois de muito nos foderem eles gozaram vestiram as roupas e foram embora, nos recompomos nos lavamos no riacho vestimos nossas roupas e fomos embora, Vanessa n√£o conseguia Nem sentar Dentro do √īnibus eu tamb√©m n√£o era diferente, ningu√©m entedia, pois cheio de lugares vazios e nos dois em p√©, depois disto Vanessa terminou eu por minha vez nunca mais levei menina nenhuma pro mato, pois ate gosto de dar o cuzinho √†s vezes, mas tem que ser com carinho.
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Coment√°rios  

 
0 #2 edgozador 04-04-2016 18:10
Menino, com picas a sua disposição vc só sentiu a menor? Que viadinho fraco de cama! Perdeu a oportunidade de mamar em uma pica enquanto engoli a outra com o cu!
Citar | Reportar ao administrador
 
 
+1 #1 robbin 28-04-2015 21:18
é uma delicia dar o cuzinho,né.....vc deveria ter trocado com sua namorada e dar pro cara com o pau mais grosso.....
Citar | Reportar ao administrador
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Hi. I see that you don't update your web... Mais...
  • Hi. I see that you don't update your sit... Mais...
  • Hello. I see that you don't update your ... Mais...
  • Hello. I see that you don't update your ... Mais...
  • I have noticed you don't monetize your b... Mais...
  • I see you don't monetize your blog, but ... Mais...
  • I see you don't monetize your site, but ... Mais...
  • I have noticed you don't monetize your p... Mais...
  • Hello. I see that you don't update your ... Mais...
  • I have noticed you don't monetize your b... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner