Traições - Estagiária boa admitida com sucesso - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


Estagiária boa admitida com sucesso

Ver todos os Contos Eróticos de rui j santos

Referência (ID): 1545
Por vezes na minha empresa, do qual eu sou o sócio principal, pontualmente contratamos estagiárias, essencialmente para o atendimento ao público/balcão. Estavam definidos como critérios, de seleção ser jovem, vistosa e boa capacidade de argumentação/oralidade.
Ora desde inícios de setembro, que a moça, Alexandra ( a selecionada num conjunto de 3, filtradas previamente ) se encontrava a trabalhar, lá na empresa, e só com boas indicações, e um comportamento irrepreensível.
Alexandra é uma moça, já com 37 anos, mas com um especto muito juvenil, pois apresenta um rosto muito delicado, doce com uma pele muito macia. Alexandra mede 178 cm, tronco fino, alargando ligeiramente na anca, pernas esbeltas, estilo modelo. Elegante, inteligente ( todo o seu currículo, registava diversas formações, domínio em várias línguas etc ) pontuado por dois olhos lindos, escuros acastanhados, cabelo curto e preto, sempre liso. Nota-se no andar dela, busto pequeno, mas como ela se produz muito, sempre com os soutiens, a evidenciar muitos, suas tetas bem espetadas.
Não foi fácil selecionar a Alexandra, pois os meus sócios, estavam inclinados por uma loira, de busto farto, mais jovem de 26 anos acabadinha de se formar, em comunicação social. Porém julgo que não me dececionei, pois fiquei com um Fleming muito positivo pela Alexandra.
Bom chegou o momento, de eu “testar” a Alexandra convidei mais do que uma vez para almoçar, com ela foram sempre almoços estritamente profissionais, mesmo um deles, até foram potenciais clientes. Alexandra teve sempre uma postura, de grande profissionalismo, mas notava sempre nas roupas que ela selecionava, algum toque de marota. Como o tempo ainda está quente, neste inicio de outubro, Alexandra num almoço, levou uns calções, híper curto, ficando bem justo, nas coxas e evidenciando um rabinho bem empenado. Ela acompanhou o conjunto, com uns sapatos de tacão alto, a condizer com uma blusa, justa, da mesma cor, dos sapatos. Um dos clientes em privado, não consegui disfarçar, o olhar e revelou-me, um grande interesse nela, elogiando muito ela, e apostando que ela não teria mais de que 28 anos…….
Eu contei à Alexandra, o quanto ela tinha impressionado, os clientes em todo o sentido, tanto o profissionalismo como a parte sensual. Ela só me respondeu, “ a sim patrão não estou a impressionar? “ Bom fiquei pasmado, até agora era tudo, praticamente tudo questões profissionais, e não hesitei e automaticamente disse, Alexandra queres jantar hoje, só nós os dois? Ela respondeu logo, sim claro.
Quando cheguei a casa, contei tudo à minha Ana, ela só me disse, que eu tinha feito uma excelente selecção da estagiária. Pois há 3 dias, atrás a minha querida esposa esteve no meu escritório, eu apresentei a Alexandra, e quando eu estive a resolver uns assuntos, as duas estiverem a falar, cerca de 1 hora. Ana revelou-me que gostou muito de falar com ela, ela era muito bonita, e que ninguém dava-lhe os 37 anos.
Bom a minha Ana questionou-me, vais jantar sozinho com ela hoje? Eu quase me engasguei, só lhe respondi, não querida, temos um casal de clientes, que vai nos acompanhar. Bom Ana ficou apreensiva, só me alertou, ela é divorciada, mãe de uma filha, parece já batida, muito cuidado. Bom vesti-me à maneira, até perguntei à minha Ana se gostava do casaco que tinha escolhido, se condizia bem com a camisa, e tudo mais, Ana só voltou a dizer, hui nunca te vi assim tão preocupado, com a roupa só lhe disse que ia fechar um bom negócio para a empresa. ( mentira ……)
Bom chegando ao restaurante, Alexandra ainda não tinha chegado, até que vejo a caminhar para a minha mesa Alexandra, e porra oh meu Deus, a gaja veio para “matar” vestido super curto e justo, roxo levemente escuro, ficando-lhe todo colado ao corpo, notando-se todas as curvas, e formas de todo o corpo de Alexandra. Levantei-me para cumprimentar, quase que dávamos um beijo nos lábios, de tanto era o nervoso, entre ambos, rimos os dois instantemente, puxei a cadeira, para ela se sentar. Elogiei muito o vestido dela, assim como o colar fabuloso, que ela trazia preto, mas acompanhado com outras pedras, verdes e brilhantes.
Durante o jantar, pedi mesmo a Alexandra para só falarmos de assuntos extraprofissionais, e foi um espetáculo, que elegância que Alexandra tem na abordagem de diferentes temas, até sobre desporto. Até que chegando à sobremesa, depois de 2 garrafas de tinto, que ela elogiou muito, até vinho ela sabe….. veio o sexo, a relação que teve no seu casamento, no qual ela aflorou-me, muito por alto, que o ex parece não gostar muito de sexo…..tolo
Durante o café, tomando um porto, peguei na mão dela, e disse-lhe diretamente, que não queria que ela, se sentia-se obrigada a nada, mas achava-lhe muito bonita e sexy, ela só me respondeu, que se sentia atraída por mim, mas que não queria misturar trabalho, com sexo, mas queria muito, e estava muito carente de sexo.
Era tudo o queria ouvir, paguei a conta, e fomos para um hotel, que já tinha reservado, caso fosse necessário. Chegando ao quarto, já no elevador demos fortes marmelanços a apertos, no quarto ela só me dizia devagar querido, estou sem sexo há mais de 2 anos. Descasquei-lhe literalmente, Alexandra tinha um conjunto cueca soutien, supre sexy, todo preto curto e rendando, começei por beijar todas as pernas esbeltas dela, chegando à zona H, foi lhe dando leves lambidelas, no grelo, afastei bem os lábios vaginais e fiz-lhe um minete espetacular. Que sabor que aquela cona tinha, ai metendo 1 a 2 dedos no interior daquela ratinha, que ai ficando cada vez mais suculenta. De seguida subi sobre o corpo dela, colocando o meu pau sobre peito rosto dela, ela só quis dar umas leves lambuzadelas no pau, e pedi-me para ficar por baixo. A cabrona quis cavalgar-me forte e feio, perguntei-lhe tomas a pilula? Ela respondeu-me que tomava à muitos anos, sempre por questões de saúde/equilíbrio hormonal.
Bolas as cavalgadas dela, foram de demais, agarrei nas nádegas dela, ela cavalgou-me até aos tomastes, fazendo-me vir brutalmente no interior do útero de Alexandra. Dormimos os dois juntos toda a noite, sobre a manhã ainda demos, mais uma queca bem boa, em que coloquei ela à canzana, dando-lhe boas bombadas, esporrando-me sobre as nádegas e costas, com ela a dizer que tinha saudades de sexo assim. Tentei puxar ela para o duche, mas não consegui, fica para a próxima, uma coisa é certa e garantida Alexandra vai ficar na empresa, e com um contrato, significativamente melhorado.
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Sou totalmente ativo 000%ativo simpático... Mais...
  • Hi there to all, how is all, I think eve... Mais...
  • Olá mrpr,gostei muito do seu conto.Quero... Mais...
  • Nossa que delicia de experiência cara.Se... Mais...
  • O conto foi bem elaborado gostei. Porém ... Mais...
  • I have noticed you don't monetize your p... Mais...
  • I have checked your page and i have foun... Mais...
  • Conto lindo maravilhoso. Excitante por s... Mais...
  • I see you don't monetize your page, don'... Mais...
  • I have checked your site and i've found ... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner