Fetiche & Bizarro - macumba do prazer2 - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


macumba do prazer2

Ver todos os Contos Eróticos de marlitesuda

Referência (ID): 1646
Aquela madrugada de sexta feira, modificou a vida dela, pois naquele ritual ,induzida por pai Damião, Carolina entregou seu corpo em forma de oferenda para a entidade,e a partir daquele momento .sua mente seus desejos e suas vontades pertenciam aquela pomba gira que era dona do seu corpo. Que iria manipular todas suas vontades.
Um fogo abrasador corria por suas veias ,um desejo insano de copular incendiava seu corpo, e por onde passava Carol emanava o cheiro do sexo ,como uma cadela no cio ela atraia o desejo de todos os machos.
Assim a tímida recatada e religiosa esposa recém casada desenvolveu um apetite insaciável pelo prazer sexual e se tornou uma ardilosa mulher capaz de enganar trair e manipular como nenhuma outra.
Carolina modificou seu jeito de se vestir seus trajes estavam mais ousados ,sensuais provocativos ate mesmo seu modo de caminhar estava insinouso chamativo despertando olhares desejosos por onde passava. As quartas e sextas ela ia ate o terreiro onde em sessões ocultas onde somente os mais preparados participavam após a meia noite . onde ela incorporada entrava em transe, e veladamente muito se comentava das orgias que aconteciam naquelas madrugadas.
Sete homens vestidos de negro ao som dos atabaques dançam e entoam cânticos numa linguagem desconhecida .somente as luzes de vinte e uma velas iluminam o local . o velho pai Damiao tem sobre sua cabeça uma cabeça de bode . com um cajado nas maos ele da um grito estridente os tambores emudecem . então ele bate no assoalho com o cajado por três vezes invoca suas entidades .ouve-se um gargalhar ao fundo e Carolina entra rebolando com uma saia rodada aberta nos lados , seus seios estão a mostra os tambores ecoam novamente e num ritual mágico ela dança envolvida pelos sete homens vestidos de negro que sobre o olhar em transe do velho Damião roçam e se esfregam nela numa dança ritualística .onde ela serpenteia o corpo e gargalha alucinada histericamente.
Ate seus brilhantes olhos se cruzarem com o olhar de pai Damião ela caminha ate ele formasse uma roda em volta deles .um deles solta sua saia que cai ao pés dela revelando todo seu corpo nu branco alvo como a neve não há um pelo sequer nele , ela se ajoelha o cassete do velho esta em riste ela abocanha fecha os olhos e começa a mamar gulosamente ,ela contorce os braços que estão esticados o cheiro de incenso enpregna o ar ele mete na boca dela com intensidade socando fundo e em volta sete machos cantam e se encantam dançando e acariciando o corpo em transe de Carol. Já montando um estrado como um altar revestido da cor vermelha onde com certeza Carol vai se deixar montar .
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Hi there colleagues, good article and pl... Mais...
  • Hello buddy. It was hard to find this si... Mais...
  • First of all I would like to say great b... Mais...
  • I have noticed you don't monetize your s... Mais...
  • Thanks for the auspicious writeup. It in... Mais...
  • Howdy! Do you use Twitter? I'd like to f... Mais...
  • Hi. I see that you don't update your pag... Mais...
  • I see you don't monetize your website, d... Mais...
  • Hi. I see that you don't update your web... Mais...
  • Hi. I see that you don't update your sit... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner