Travestis e CrossDressers - primeira vez -menina - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


primeira vez -menina


Referência (ID): 1589
Sou descendente de orientais, tipo físico pequeno, magro, e sem pelos, sempre tive fascinação por roupas femininas, e usar calcinha, biquini, vestidos, sempre me excitou muito, conheci um cara no chat que também tinha esses fetiches, ficamos amigos, sempre conversamos, ele se dizia hetero, gostava mesmo de mulheres, mas eu me vejo como bisexual, embora a experiência homo havia sido meramente algumas mamadas num garoto que conheci casualmente, era amigo de um amigo, e chupei ele a primeira vez no carro estacionado, (esperando nosso amigo) e acabou rolando, depois desta vez sempre que eu o via, a gente dava um jeito de ficarmos sozinhos, ele adorava que eu o chupasse e eu gostava demais daquele pênis gordinho, quente, macio na minha boca, onde ele esvaziava seu reservatório de esperma... contei ao meu amigo, que além de me vestir de menina também adorava estar na companhia de um garoto desses safados que querem se aproveitar, nas férias de julho, ele me convidou pra ir no litoral numa casa da família dele, que estava vazia porque no inverno as pessoas nem curtem litoral, então poderiamos passar um tempo usando roupas femininas, se maquiando, pintando as unhas se depilando, ficando bem femininas, pois ficaríamos bem a vontade lá, sem ninguém pra incomodar, eu fui 1 dia antes, pois ele só poderia ir no sábado, então fiquei sozinho um dia e fui logo colocando as peças, experimentando o biquini, os vestidos calcinhas, tudo que conforme me contou foram compradas em um brechó, gostei de um biquini preto e rosa, de lacinho, caiu bem, a parte de cima rosa e a parte de baixo preto, fiz maquiagem, pintei as unhas, das mãos de violeta, dos pés um tom rosa, bem clarinho, fiquei me olhando no espelho, adorando, tenho o corpo magro, pele de bebê, sem pelos, raspei tudo na virilha, no saco, ficou tudo lisinho perfeito, usei himel fiz o contorno dos olhos, ficou super sexy, quando meu amigo chegasse, eu já estaria montadinha, pensei, vai morrer de inveja e correr pra se produzir também... estava na cozinha assando a lasanha, de saltinho, bikini, e uma mini saia, por cima, bem curtinha, toda hora olhava meus pés, com as unhas pintadas, super feminina, me achando super sexy, quando escuto o barulho da porta, ele abrindo com as chaves, eu fiquei receoso por estar vestida assim, toda patricinha, mas sabia que era ele, pois já havia me avisado no whatsapp que estava chegando, quando vou até a sala, ele chegou com 2 amigos, os dois ficaram me olhando, um olhar sério mas de admiração, medindo cada pedaço do meu corpo, me senti nua alí, meu amigo viria sozinho, eu pensei, mas haviam os dois agora ali, com a mochila nas costas me olhando, fascinados pelo que viam.... eu senti um calafrio de vergonha, timidez... meu amigo disse que eles tavam muito a fim de vir pra me ver, ficamos conversando um pouco na sala, eles já tomando umas cervejas, eu com uma certa timidez, então meu amigo falou, olha, eu sei que você gosta de companhia masculina quando está assim e eles são tarados por uma transex, então deixa rolar, vocês tem mais que curtir mesmo, depois ele foi na cozinha e me deixou no sofá no meio dos dois, que já botavam a mão nas minhas pernas, coxas, me olhavam com cara de desejo, fazendo aquelas caretas e sons ...hmm que tesão...
então o moreno (mais safado) pegou minha mão e colocou no volume dele, por cima do jeans, a principio, mas depois abriu o ziper e colocou minha mão diretamente nele, que estava quente e super rígido, ereto... o outro rapaz era tipo sarado bombado, branco, me apalpava, passava a mão no meu corpo e depois começou me chupar o pescoço, apertava meus mamilos, então me pegou no colo, me levou até o quarto e se deitou na cama tirando um pau que achei bem grosso, a cabeça enorme, inchada, vermelha, e mandou eu deitar na cama e chupar ele, eu me inclinei obedecendo, sentindo o biquini apertadinho, entrando no meu rabinho e a parte de cima pequena, de lacinho, escondendo meus mamilos, e ainda por estar de salto alto, aquilo tudo me excitava muito, agora vendo o pau dele me chamando, fiquei com as pernas pra fora, apoiada no travesseiro, segurei aquele mastro, comecei brincar com ele, com a mão, um misto de medo, um frio na barriga, por tudo que estava acontecendo, eu não estava esperando isso, minha boca estava salivando muito, de vontade, quando abocanhei aquela cabeça, logo senti ela na minha lingua, fui chupando a cabeça, e engolindo cada vez mais, aquela vara dura, carnuda, quente, macia e deliciosa, enquanto sinto o outro me tocando nas coxas, bunda, e ele tentando abrir minhas pernas, o que logo obedeci, abrindo o máximo possível, ficando com a bunda arrebitada pra ele, que começou dando beijos, lambendo meu bumbum, depois, puxou a tanguinha de lado e começou lamber meu cuzinho, que me deixou numa excitaçao louca, abri ainda mais as pernas, me acomodei na cama, ouvindo os gemidos do cara que eu chupava, era demais sentir aquela coisa grossa, quente, fofinha, na minha boca, que não parava de salivar, e ao mesmo tempo sentindo a lingua do outro me lambendo o cuzinho, me senti uma femea, uma garota safadinha dando pra dois, senti as mãos dele na minha cintura, e o pau dele, esfregando no meu cuzinho, o outro já fodia minha boca segurando meu rosto enfiando o pau e tirando rapidamente, gemendo de tesão, minha boca toda babada, melada, gosto de pau, e que gostoso que é, entao senti a pica do outro forçando a entrada, depois de algumas tentativas, deslizando, e escapando, aquela pica entra reta e dura, no meu cuzinho, senti uma dor forte mas uma sensação incrível, o pau dele entrando apertado dentro de mim, ele começou lentamente, depois vou aumentando o ritmo, socando mais forte, eu gemia com a pica na boca, toda lambuzada, babada, ate que senti ela na boca, latejando, soltando jatos quentes, o gozo dele, o tesão dele pra mim, encheu minha boca, engoli com gosto, com muita vontade de ter todo aquele esperma pra mim, engolindo, engolindo, aquele gostinho de gozo, jamais vou esquecer, depois desta vez, não tem volta, agora eu sei porque, é simplesmente maravilhoso, fiquei chupando mesmo depois que ele gozou, até que senti o outro me segurando mais firme, gemendo alto, socando mais forte e senti os jatos saindo dentro do meu rabo, o pau dele inchado deslizando na porra, senti escorrer, e ele socava fazendo aquele barulho de melado, gostoso, bom, essa foi minha primeira vez, depois conversei com meu amigo, agradecendo, apesar de assadinha no rabinho, mas uma sensação incrível, gostei muito mesmo, depois, lógico que ficamos lá e rolou mais, mas depois eu conto das outras vezes...

juhcdzinha
http://oi65.tinypic.com/211ukbm.jpg
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Very good! Mais...
  • I can see that your page probably doesn'... Mais...
  • Heya are using Wordpress for your site p... Mais...
  • Thank you a lot for sharing this with al... Mais...
  • It's the best time to make somme plans f... Mais...
  • Hey! Someone in my Myspace group shared ... Mais...
  • My partner and I stumbled over here diff... Mais...
  • Genuinely when smeone doesn't know then ... Mais...
  • boa tarde, Michael Fritz..gostei e me ex... Mais...
  • generic prednisone: https://canadian-pri... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner