Heterosexuais - PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER

Ver todos os Contos Eróticos de leticialuccheze

Referência (ID): 1586
PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER

Tony: próximo.
Letícia: sabe que ainda penso em você? E não deveria, depois de tudo...
Tony: tudo o quê?
Letícia: é a sua historinha de eu ser mais velha e blá, blá, blá, blá, blá...
Tony: perdoe-me, eu estava errado. Hoje reconheço isso.
Letícia: não devia nem querer saber de você, mas não consigo; pois alguma coisa a mais aconteceu naquela noite.
Tony: o que teve a mais naquela noite?
Letícia: não vou falar. Porque depois você vai me mandar rezar, não sei quantos Pai Nosso e tantas Ave Maria. E eu não vim aqui pra rezar.
Tony: vou fazer isso n√£o.
Letícia: ah...foi mais que físico, eu consegui transcender o meu corpo. Aquele ato conjugal se tornou sublime, perfeito, semi-igual, sagrado. Eu era puro sentimento e zero carnal. Isso, porque eu me perdi em você.
Tony: hum.
Letícia: acho que foi a maneira de você falar comigo, a maneira de você me tratar, de me beijar, de me tocar. Ah... eu fiquei completamente apaixonada por ti.
Tony: ontem na igreja, sentou ao meu lado uma mulher que tinha o seu perfume. Aí você veio aos meus pensamentos de forma enlouquecedora e fiquei ereto instantaneamente. De noite, demorei pra dormir, pensando em você e tudo o que já vivemos. Quase não consegui dormir pensando em ti.
Letícia: hum...
Tony ---Não existe homem nenhum, que não sinta saudades de você Letícia. Tentei te ligar várias vezes. Sabia? Eu queria tanto te pedir uma coisa.
Letícia ---Fala.
Tony: será que a gente não pode se encontrar, pelo menos mais uma vez e viver tudo aquilo que aconteceu na minha casa? Agora o meu coração acelerou mil por hora.
Letícia: por que repetir só mais uma vez?
Tony: vamos repetir ent√£o?
Letícia: com todos os prazeres.
Tony: mais ontem, ao sentir o seu perfume no ar, você se fez presente em minha frente. Virando a minha cabeça de forma líbida. Fiquei louco de tesão.
Letícia: sei.
Tony: lhe contando isso e tendo você aqui na minha frente, ele está latejando dentro da cueca.
Letícia: isso sim é uma coisa gostosa de ouvir.
Tony: não consigo ficar quieto aqui com você.
Letícia: deve estar muito delicioso...
Tony: estou muito excitado.
Letícia: gostoso, gostoso, gostoso...deve estar pingando.
Tony: você está me provocando.
Letícia: se estivesse aí, iria passar a língua por ca-da curvinha do seu corpo.
Tony: nossa, você é demais.
Letícia: passaria de leve, devagarzinho, sem pressa alguma. Para prolongar mais o seu prazer.
Tony: nossa...você esta acabando comigo...ai, ai, ai...
Letícia: iria esfriar a sua pele, ou fazê-la esquentar ainda mais.
Tony: ai.
Letícia: devagarzinho, ca-da pe-da-ci-nho do seu corpo. Até que minha língua encontrasse com o seu pênis duro.
Tony: nossa...eu vou gritar de tanto tes√£o...
Letícia: e passarei a língua, mo-lha-di-nha sobre a cabeça do seu pau.
Tony: gostosa. Imagina eu chupando sua boceta.
Letícia: ai...seria de-va-gar-zi-nho?
Tony: sim.
Letícia: estou morrendo de vontade de ser penetrada por você.
Tony: vou meter...meter...meter em você bemmm gostoso.
Letícia: ahhh... Você vai me fazer gemer no seu ouvido?
Tony: farei você gritar no meu caralho.
Letícia: vai me dar prazer constante e incessantemente?
Tony: sim...sim...sim...
Letícia: ah...
Tony: imagina eu mordendo você, do jeitinho que você gosta?
Letícia: onde você vai me morder?
Tony: em todo o seu corpo.
Letícia: ah...deixando-me roxinha, por onde passar a sua boca. Que gostoso! Me morde, me morde todinha.
Tony: e eu vou meter o meu pau duro, no seu cu e ao mesmo tempo, vou enfiar dois dedos na sua boceta.
Letícia: ai que gostoso. Estou morrendo de vontades de você.
Tony: eu metendo no seu cuzinho...
Letícia: penetrando-me ferozmente sem parar.
Tony: sim.
Letícia: fazendo-me gemer, cada vez mais alto...
Tony: metendo em você todinha, cada vez mais rápido. Até você gritar de tanto tesão.
Letícia: você vai encher meu cu de porra?
Tony: vou.
Letícia: e vai me deixar toda preenchida de esperma? Ai Amor, isso está me dando muita vontade.
Tony: pois disso, eu quero morrer.
Letícia: quanto mais você enfiar seu pau, pingando dentro de mim, mais eu vou querer. Pois isso faz aumentar mais o meu desejo de ter você dentro de mim. Entrando e saindo, entrando e saindo, entrando e saindo, sem parar...
Tony: pois eu vou ficar metendo em você, cadê vez mais, pra você ficar tesuda, pelo meu pau.
Letícia: e você só vai parar, quanto a minha boceta, estiver vermelhinha e doendo, de tanto você meter nela. Quero que ela chegue a doer, a arder. Viu?
Tony: sim, sim. Você está excitadíssima como eu aqui?
Letícia: estou mo-lha-di-nha, só esperando você me penetrar, por todos, os orifícios do meu corpo.
Tony: meu pau está pulsando por você.
Letícia: estou visualizando ele entrando, pedacinho por pedacinho, dentro de mim. E nós dois sentindo isso junto.
Tony: você em mim e eu em você, de forma que isso se eternize.
Let√≠cia: de olhos fechados, em c√Ęmera lenta, eu sentindo voc√™, cada vez entrando, me invadindo, me penetrando, me dominando por completa. Nossos olhos √ļmidos de tes√£o e a boca entre aberta, ofegante, ofegando em lamurias nas estocadas.
Tony: a gente sentindo, ele entrando de-va-gar-zi-nho...a cabeça do meu pau.
Letícia: aí, para! Porque se não, não aguento.
Tony: que dia nos veremos?
Letícia: como está a sua agenda?
Tony: do mesmo jeito.
Letícia: hum, a sua agenda é cheia.
Tony: a sua também, porque você trabalha de domingo a domingo. Mas o que você vai fazer nessa quarta-feira?
Letícia: dar aula.
Tony: est√° vendo! N√£o tem jeito!
Letícia: mais você sabe que eu dou aula.
Tony: brincadeira Lindinha. Tem uma segunda-feira nesse mês, que é feriado santo e todos vão para Trindade. Que tal? Aí a gente fica o dia todo, dando prazer um para o outro.
Letícia: amei!
Tony: ent√£o topa?
Letícia: fechado! Então vai ser na sua casa de novo? Que horas será?
Tony: a gente começa às 8 da manhã e vara a noite.
Letícia: amei! De novo na cama do bispo?
Tony: n√£o! Agora vamos na cama do cardeal.
Letícia: estarei presente.
Tony: está bom e para você não perder viajem, reze um Pai Nosso e uma Ave Maria.
Letícia: sim seu padre. Agora vou sair do confessionário, antes que alguém desconfie de algo, pelo tempo que fiquei.
Tony: e olha, na segunda feriado, ser√° o dia inteiro...sem parar...
Letícia: quero ver você me cansar.
Tony: ainda vou chegar l√°.
Letícia: beijos.
Tony: um milh√£o.



Letícia Luccheze.










































Conto escrito para Paulo Vitor.







[email protected]
www.facebook.com/Let%C3%ADcia-Luccheze -173002122860743/?ref=bookmarks
www.leticialuccheze.com
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Thanks for the marvelous posting! I trul... Mais...
  • I have checked your website and i've fou... Mais...
  • Thank you a bunch for sharing this with ... Mais...
  • I have checked your site and i have foun... Mais...
  • Gosto muitodoa contos.e videos Mais...
  • What's up, its pleasant post about media... Mais...
  • Sweet blog! I found it while browsing on... Mais...
  • Quero sai com cavalo sou de sp posso pag... Mais...
  • To louco pra comer um cara casado meter ... Mais...
  • Hi, I read your blog regularly. Your wri... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner