Gays - Salvando meu trabalho. - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


Salvando meu trabalho.

Ver todos os Contos Eróticos de mrpr

Referência (ID): 1367
Salvando meu trabalho.

Me chamo Victor tenho 26 anos, pele negra, corpo torneado, 1,90 de altura, cabelos cortado a maquina no 1 e uma pica de 19 cm circuncidada. Trabalhava em uma empresa a um ano e três meses, era uma grande fabrica e devido ao grande numero de funcionários o banheiro masculino tinha os reservados e um cocho como nas escolas para mijar.
Estava mijando sossegado quando percebo alguém do meu lado, era meu gerente. O safado que geralmente usava o reservado quando ia no banheiro dos funcionários, algo raro pois tinha um em sua sala não so parou do meu lado como ficou manjando minha rola. Na hora um ataque de exibicionismo tomou conta de mim, aproveitei estar apenas nos dois no banheiro e apos terminar de mijar eu balancei meu cacete mais que o necessário para sair o resto de urina, balancei e ainda dei uma acariciada como uma leve punheta atento sem dizer uma palavra meu gerente se deliciava que chegava a passar a língua nos lábios. Fiz poucos movimentos, afinal poderia entrar alguém e eu teria que voltar ao trabalho.
Algum tempo depois desse fato, devido a uma crise financeira a empresa sofreu um corte de funcionários. Depois de alguns colegas chegou minha vez de ir a sala do gerente. Chegando la aquele velho discurso de quando se quer mandar o funcionário embora deixei ele falar, mas ja fui massageando meu pau de modo a deixa lo duro. Assim que ele informou da demissão me levantei onde minha camisa de uniforme levantou junto deixando a mostra minha barriga com o caminho da felicidade apontando a direção do meu pau duro que formava uma tenda de circo em minha calça. Meu gerente arregalou os olhos e ate passou a mão na boca limpando a baba.
_ É se não tem jeito ne?
_ Infelizmente Victor, são ordens da empresa.
_ Entendo, mas será que realmente não ha nada que possamos fazer?
Perguntei alisando meu pau duro descaradamente para meu gerente.
Ele raspou a garganta, esticou a mão deu uma pegada em meu pau e eu para instigar dei uma mordida em meus lábios fazendo cara de prazer e gemi baixinho. O gerente retirou rápido a mão com ar de quem refletiu e percebeu que poderíamos ser pegos.
_ Relaxa Milton ninguém vai saber, faz de conta que será uma despedida de amigos de trabalho disse eu indo ao lado de Milton e colocando sua mão em meu pau novamente.
Era tudo ou nada, eu sabia que Milton curtia era minha chance de salvar meu emprego ou pelo menos ia ter uma foda gostosa, pois Milton era bem gostoso, roupa social apertada destacando seu esforço na academia principalmente nos braços e uma bundona redonda bem durinha.
O gerente pegou, deu uma apertada e levantou, foi ate a porta a trancou e voltou ate mim e ficou alisando meu pau por cima da calça. Levantei seu rosto pegando em seus cabelos e tasquei um beijo bem quente, trabalhando bem minha língua, peguei sua mão e coloquei dentro de minha calça fazendo o pegar em meu cacete. Gemi com voz grave em seu ouvido. Deixei sua mão brincando com meu pau e fui procurar teu cu enfiando a mão em sua calça. Enfiei meu dedo molhado com saliva naquele cuzinho que ja piscava pedindo rola, mas tinha que caprichar.
Milton tirou meu pau para fora e iniciou um delicioso boquete. Desci a calça sentei em cima de sua mesa e arreganhei as pernas para ficar mais a vontade para receber o boquete do meu gerente enquanto acariciava suas orelhas e nuca.
O puto sabia mamar gostoso um macho e enquanto me chupava empinava a bunda. Fiz Milton chupar meu dedo e voltei a acariciar seu cuzinho enfiando a mão novamente em sua calça. Milton desafivelou o cinto e retirou a calça me dando mais movimentação enfiando e retirando meu dedo do seu cu.
Fui para trás do gerente e ele apoiado na mesa com a bundona empinada agachei e lambi seu rego branquinho abrindo e massageando suas nadegas. Cuspia e lambia seu cu piscante enquanto Milton se contorcia de prazer mordendo no braço para abafar seus gemidos. Cuspi bem naquele cu lisinho sem pelo algum, encapei meu cacete mais cuspi coloquei minha cabeçona bem na portinha e pressionei, nem precisou de muito esforço os movimentos de contração de Milton ajudaram e minha piroca entrou gostoso. Movimentava meus quadris massageando com a cintura e as costas de Milton eu queria ir com mais calma, mas Ja havíamos demorado muito então segurei firme em sua cintura e acelerei as estocadas que emitiam um som seco do encontro de nossos corpos.
Meti ainda por algum tempo ate sentir que senti que ia gozar não queria gozar sozinho masturbei meu gerente metendo em seu cuzinho e quando senti seu pau pulsar segurei firme sua cintura tirei meu pau quase todo e soquei fundo gozando la no fundo enchendo o preservativo de porra. Milton também explodiu em um gozo fantástico mordendo muito em meu cacete sujando sua mesa de porra.
Depois disso o gerente pediu para eu voltar ao meu posto de trabalho que depois conversaríamos.
Antes de ir embora fui chamado novamente Milton disse que para me manter na fabrica teria que me mudar de horário eu aceitei. Fiquei com o ultimo horário da fabrica e não era raro eu ser chamado discretamente na sala do gerente ou ele me levar ate seu apartamento ao fim do expediente.
Infelizmente nossas fodas acabaram, pois ele foi transferido para uma fabrica em outro estado, felizmente as coisas melhoraram e com isso mantive meu emprego por mais algum tempo.

Autor: Mrpr2
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Esse conto me deixou toda molhadinha mor... Mais...
  • What's up, just wanted to say, I loved t... Mais...
  • dlc adorei vem dar pra quatro negao Mais...
  • Quero muito...sou casada, loira, alta, e... Mais...
  • Hi mates, good post and fastidious argum... Mais...
  • I amm actually happy to read this webpag... Mais...
  • Este tal de Edgar se ainda não deu o cuz... Mais...
  • O resto desta estória Mais...
  • In a earlier weblog, I mentioned the not... Mais...
  • Fantastic beat ! I would ike to apprenti... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner