Gays - Te amei, amo e sempre vou te amar -18- Surpresa. - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


Te amei, amo e sempre vou te amar -18- Surpresa.

Ver todos os Contos Eróticos de mrpr

Referência (ID): 1363
Te amei, amo e sempre vou te amar -18- Surpresa.

Os dias passavam e eu não sabia o que fazer, ao mesmo tempo que eu queria esquecer tudo e me atirar nos braços de Rafael eu pensava em tudo o que eu sofri e me afastava.
Por mais que eu quisesse o contrario era ineg√°vel o efeito que Rafael exercia sobre mim, sua voz perto do meu ouvido quando estava me explicando algum relat√≥rio que eu n√£o tinha compreendido por estar em ingl√™s, seu perfume inebriante que o antecedia e ficava ap√≥s sua sa√≠da, seus elogios sobre minha roupa, meu perfume ou minhas conquistas de clientes dif√≠ceis, o Jeito como me tocava fazendo que era sem querer ou a forma como me olhava que parecia querer me despir naquela sala de reuni√Ķes ou quando passava por mim muitas vezes dando uma piscada.
_ Oi como você esta?
_ Com muito trabalho.
_ Não vi você tirando o almoço hoje.
_ Me espionando?
_ N√£o me respondeu.
_ Você não fez uma pergunta.
_ Você almoçou hoje?
_ Estava com muito trabalho vou comer alguma coisa mais tarde.
_ Veio percebendo que esta fazendo muito isso, comendo ‚Äúbesteiras‚ÄĚ fora de hor√°rio geralmente tarde isso n√£o vai te fazer bem.
_ Desculpa n√£o me lembro de ter agendado nenhuma consulta hoje.
_ Só estou preocupado com você.
_ Obrigado, qualquer coisa eu te aviso. Vai continuar ai me observando trabalhar?
_ Porque não vem almoçar comigo agora?
_ Porque agora estou trabalhando, eu j√° disse que mais tarde eu vou.
_ N√£o quero perder nenhum funcion√°rio por morrer de fome, vem isso pode esperar alguns minutos.
_ Você não vai me deixar em paz enquanto eu não for ne?
_ N√£o!
Arrumo os documentos, guardo na gaveta, desligo o computador e vou almo√ßar com Rafael. Durante o almo√ßo ele evitava falar de trabalho, sempre que eu tentava levar o assunto para coisas relacionadas ao trabalho ele desconversava e falava coisas aleat√≥rias, mas que no fundo queria saber se meus gostos tinham mudado e o que eu andei fazendo nestes √ļltimos anos, Rafael era √≥timo nesse tipo de conversa. Alguns toques em minhas m√£os, meus bra√ßos ao voltarmos para a imobili√°ria e ao irmos saindo do banheiro aproveitando que n√£o tinha ningu√©m al√©m de nos e uma displic√™ncia minha Rafael me puxa contra seu corpo e me beija, mas logo me solta pede desculpas e me deixa no banheiro atordoado com o beijo querendo mais.
Mais alguns dias e então decido que vou seguir o conselho de Mariza e reatar com Rafael, assim caso acontecesse algo eu conseguiria me afastar dele definitivamente ou poderíamos viver felizes e sem arrependimentos.
Rafael estava conversando com um corretor me aproximei e disse que depois queria conversar com ele, Rafael disse que a conversa com Marcos j√° havia terminado e perguntou o que eu queria lhe dizer.
_ Acho melhor conversar durante o almoço o que acha?
_ Você me convidando para um almoço? Nossa, assim me deixa feliz e muito ansioso para saber o que é.
Disse Rafael com um brilho nos olhos e um sorriso de quem estava desconfiado de minhas inten√ß√Ķes. Ent√£o uma mulher se aproxima chama por Rafael, o abra√ßa forte e vai lhe dando um beijo que caso ele n√£o virasse o rosto tinha como destino sua boca. Rafael me olha com cara de assustado, se volta para a mulher da um sorriso amarelo a cumprimenta volta a me olhar e me apresenta a ela.
_ Mary este é o Santiago.
_ H√° sim o famoso Santiago? √Č um prazer conhece lo.
_ Famoso eu n√£o sei, mas...
_ Rafael meu genro, n√£o sabe a falta que esta me fazendo nos EUA!
Olhei para Rafael e n√£o me contive.
_ Genro?!
Sai apresado em direção a minha mesa.
Rafael nitidamente constrangido cumprimenta o sr. que chegou pede licença e vem ao meu encontro.
_ Santiago calma eu posso explicar...
_ Nem come√ßa por favor, estou morrendo de dor de cabe√ßa e cheio de trabalho. √ą melhor ir ver sua namorada, esposa sei la o que ela √©, n√£o √© bom deixa la sozinha em um pais estranho.
_ Ela n√£o...
_ Rafael Santiago por favor na sala de reuni√Ķes.
Diz Sr. Valter se aproximando olhando com um olhar intenso Rafael.
Sr. Valter nos chamou para apresentar Douglas o sócio de Rafael, seu genro Lourenço e dele nos EUA. Douglas era o sócio majoritário ele tinha injetado dinheiro quando Lourenço e Rafael começaram na empresa nos EUA onde mais tarde Sr. Valter integraria a sociedade. Douglas era brasileiro casado com uma americana e pai de Mary.
Eu estava arrasado, mas mantive a postura ao explicar os projetos que estávamos executando aqui no Brasil. Depois dessa reunião Douglas diz que todos iremos a um restaurante almoçar para ele conhecer um pouco mais da equipe Brasil eu tento recusar, mas sou impedido por Sr. Valter.
Durante Almoço não consigo comer nada e Rafael não parece estar a vontade tendo de um lado Douglas e do outro Mary. Saio da mesa e vou ao banheiro eu precisava respirar, dar um tempo daquela situação.
_ Mariza desculpa estar te ligando assim, mas eu precisava falar com alguém antes de explodir.
_ O que esta acontecendo Santiago? Você esta chorando?
_ O Rafael Mariza ele é casado, a mulher dele apareceu aqui com sogro, so me falta aparecer filhos também!
_ Filhos?! Tem certeza?
_ Tenho Mariza estão todos aqui e eu ainda estou almoçando junto com eles.
_ Santiago... Onde você esta?
_ No banheiro de um restaurante, o Sr. Valter praticamente me obrigou a vir junto n√£o teve como escapar.
_ Calma, respira, lava o rosto, respira fundo volta para a mesa e faz cara de paisagem. Quando você puder inventa um cliente fora e vem para casa meu filho, vamos conversar e pensar em uma solução.
_ Santiago por favor me escuta eu preciso te falar...
Diz Rafael entrando no banheiro, desligo o telefone e digo.
_ Chega Rafael para mim acabou, eu n√£o consigo mais eu vou conversar com o sr. Valter eu vou pedir demiss√£o ainda hoje.
Disse limpei o rosto e sai para n√£o deixar Rafael me persuadir.

Continua...

Autor: Mrpr2
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Parab√©ns pelo conto, adorei um excelente... Mais...
  • You actually make it seem so easy with y... Mais...
  • maravilha de conto fiquei de pau duro ex... Mais...
  • realmente um sonho de consumo ter duas m... Mais...
  • delicia demais deve ser incrivel essa fa... Mais...
  • Mesmo sendo mulher gosto de ler contos g... Mais...
  • of course like your website but you have... Mais...
  • Bom conto Mais...
  • Magnificent goods from you, man. I have ... Mais...
  • vem comer minha mina viadinho mentiroso Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner