Gays - Te amei, amo e sempre vou te amar -2- Rafael. - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


Te amei, amo e sempre vou te amar -2- Rafael.

Ver todos os Contos Eróticos de mrpr

Referência (ID): 1336
Mais uma vez o celular de Augusto desligado, as mensagem são enviadas, mas não são recebidas. Mais duas semanas e nada começo a ficar preocupado.
Era sexta feira a tarde ja não tinha mais clientes e fui para a casa de Mariza desabafar.
_ Calma Santiago talvez ele so esteja com muito trabalho.
_ Mas nem me responder com um "estou ocupado"?
_ Eu sei é complicado ficar sem noticias, mas já pensou em ir no trabalho dele na hora do almoço ou na casa dele?
_ Foi uma das primeiras coisas que ele conversou comigo para eu nunca fazer.
_ Por quê?
_ Medo de alguém descobrir que ele é homo, esqueceu que ele não é assumido?
_ Não estou falando para você ir e agarrar ele no meio do trabalho dele, apenas ir la e pedir para falar com ele. Você é super discreto olhando assim ninguém diz que é gay.
_ Eu sei, mas tem pessoas que tem esse medo e não adianta tentar explicar ou convencer, na verdade o medo nem é tanto dos outros, mas da própria pessoa sabe? Ela fica insegura, começa a suar, pensa que todo mundo esta olhando para ele. Eu sei como é ja passei por isso antes.
_ Nossa que tenso Santiago e como você superou isso?
_ Me apaixonei pelo Rafael. Quando comecei na imobiliária ele foi meu treinador de campo. Eu ficava admirando o jeito dele falar explicar, os métodos que ele usava para convencer os clientes, ele era tão inteligente tinha um jeito tão especial.... Olhei para Mariza e ela estava com a mão apoiando o rosto me olhando de um jeito estranho.
_ Porque esta me olhando assim Mariza?
_ Você falando do Rafael seus olhos chegam a brilhar.
_ Não tem nada disso Mariza o Rafael para mim esta morto e enterrado!
_ Bom, pelo que sabemos ou melhor pela falta de noticias é bem capaz de estar mesmo.
_ Sera?
_ Que cara é essa? Não foi você mesmo quem disse?
_ Foi, mas eu quis dizer para mim, no sentido de que eu nem penso mais nele, não no sentido literal não quero que ele morra, apenas não o quero mais em minha vida só isso.
_ Sei... Você ainda o ama ta na cara. E sim pensa nele, vive tendo sonhos com ele.
_ Pesadelos! Sabe que são horríveis.
_ Certo, certo desculpe! Mas vai conta o resto.
_ Não nem quero mais.
_ Ha vai logo não vai em deixar curiosa.
_ Ele era todo desinibido e articulado com os clientes, Já comigo explicava as coisas do trabalho, mas se saia disso ficava tímido, às vezes chegava a gaguejar eu achava tão meigo. Mas eu não sabia se ele era gay aparentemente não dava para perceber e ficamos assim por algum tempo. Às vezes parecia que ele estava me olhando, mas quando eu olhava ele disfarçava quando não conseguia e eu perguntava ele vermelho dizia estar me avaliando. Comecei a desconfiar quando o adicionei em uma rede social pela composição dos amigos, muitos eu ja tinha visto em app's homo, mas como não tinha nenhuma postagem dele homo pensei que era coincidência, sempre que se falava em namoro ele desconversava e mudava de assunto ou saia isso e mais algumas coisas foram tornando minhas suspeitas mais fortes ate que um dia por acaso encontramos com meu ex que queria alugar um apartamento para morar com seu atual namorado, todo aquele sentimento que eu descrevi se apossou de mim, comecei a suar, tentava falar e gaguejava tinha medo que meu ex dissesse algo. percebendo meu nervosismo Rafael assumiu a negociação meu ex não disse nada, mas ficou o tempo todo olhando para mim.
Quando meu ex foi embora recebi uma mensagem. "Desculpe pelo desconforto, espero não ter atrapalhado seu trabalho não foi minha intenção. Boa sorte, vamos ficar com o ap. " Respondi a mensagem e sem pensar disse a Rafael que ficariam com o ap. Rafael então disse que sabia que eu o conhecia e perguntou se eu poderia dizer o motivo do nervosismo que aquilo não poderia acontecer.
Eu poderia inventar um monte de coisas, mas olhando aqueles olhos castanhos dentro dos meus ele estava próximo de mim com cara não de zangado ou nervoso, mas de preocupado varias coisas passaram pela minha cabeça e todas as pistas que ele era gay surgiram diante de mim e algo dentro de mim pedia para eu pagar para ver e foi o que fiz revelei que aquele que tinha acabado de sair era meu ex e o outro seu atual namorado.
Rafael pediu desculpas por parecer insensível eu abaixei a cabeça fechei os olhos e fui surpreendido com um abraço, que abraço carinhoso, aconchegante, cheiroso nos afastamos um pouco ele voltou a olhar dentro dos meus olhos pediu desculpa, mas continuou me olhando no fundo dos olhos aos poucos nos aproximamos ate que nossos lábios se tocaram ate nos entregarmos a um beijo, nosso primeiro beijo.
_ Ai que lindo Sam!
_ Depois do beijo cada um saiu para um lado sem dizer nenhuma palavra.
_ Serio?
_ Sim depois disso ficamos uns dias sem nos falar direito ate que um dia depois do expediente Rafael me chamou para conversar em um barzinho. Ele começou nervoso, mas depois relaxou revelamos nossos sentimentos e concordamos que ninguém deveria saber do nosso envolvimento a principio iríamos nos conhecer, pois nenhum de nos era assumidos eu já tinha tido alguns relacionamentos homo, Rafael apenas ficado com alguns garotos, mas dizia ainda não ter certeza se era aquilo realmente que ele queria. No outro dia tudo se passou normal no trabalho e namoramos ao fim do expediente nos acostumamos a isto Rafael não ficava mais nervoso ao falar de outros assuntos perto de mim, como se confiássemos um no outro não tínhamos medo de ser vistos juntos afinal passávamos a maior parte do tempo juntos e ninguém falava nada. Acabei perdendo o medo.
_ Nossa que historia linda Sam, fico imaginando tentando entender o porquê que acabou assim.
Abaixei a cabeça, uma tristeza me invadiu e suspirando fundo eu disse:
_ Eu também.
Mariza me abraçou. Meu telefone avisa o recebimento de mensagem, enxuguei uma lágrima que insistiu em descer olhei e era Augusto dizendo eu te amo.
_ Pelo menos esse ainda esta aqui.
Disse a Mariza que balançou a cabeça.
Continua...
Autor: Mrpr2
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Have a look at my blog post; st patrick'... Mais...
  • No issue - obtain st patrick's day t shi... Mais...
  • Thanks for a marvelous posting! I defini... Mais...
  • I have to thank you for the efforts you ... Mais...
  • Gostaria que vc me passasse o contato de... Mais...
  • So de anapolis 0 Mais...
  • Hey very interesting blog! Here is my we... Mais...
  • qro conhecermulhere s safadas que curte ... Mais...
  • Eu também estou toda molhada de tesão..... Mais...
  • what +00 Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner