Gays - Te amei, amo e sempre vou te amar -3- Voto de confiança. - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


Te amei, amo e sempre vou te amar -3- Voto de confiança.

Ver todos os Contos Eróticos de mrpr

Referência (ID): 1337
Augusto chegou quarta feira a noite em minha casa com uma caixa de bombons e um delicioso vinho pedindo mil desculpas. Disse que me recompensaria de alguma forma, que sabia que tinha me deixado um pouco de lado, mas foi em raz√£o de compromissos e problemas de sa√ļde da m√£e, mas n√£o queria entrar em detalhes, pois j√° tinha passado e foram momentos dif√≠ceis. Eu disse que ele n√£o precisava passar por aquilo sozinho que eu estava ali para ajuda lo seja em que fosse. Augusto me abra√ßou e me beijou e acabamos transando ali mesmo na sala.
Mais tarde j√° indo embora Augusto me diz:
_ Acho que lhe recompensarei antes do que você imagina, que tal um fim de semana todo nosso?
_ Seria maravilhoso, você nunca pode ficar mais que algumas horas.
_ Ainda tenho que acertar alguns detalhes, mas creio que em breve poderemos curtir juntinhos um final de semana completo.
_ Tudo bem aguardo ansioso Sr. Misterioso. Nos vemos no próximo fim de semana?
_ kkkk Claro! Não tenho nenhum mistério apenas não quero te encher de esperanças e depois não poder cumprir, creio que já fizeram o suficiente disso com você.
Disse Augusto me alisando o rosto. Não quis prolongar sobre a citação de Augusto e apenas disse:
_ Espero sua mensagem de confirmação, beijo!
Augusto me beija me puxando o mais próximo do seu corpo possível como se quisesse me colocar dentro dele.
_ Se eu pudesse te levava comigo.
_ Que tal ficar mais um pouco?
_ N√£o posso, mas saiba que j√° estou com saudade.
No outro dia estou conversando com Mariza.
_ Hum e ai garot√£o, Vi o Augusto saindo ontem da sua casa e ai se acertaram?
_ Sim, ele me pediu mil desculpas me trouxe presentes.
_ Explicou o motivo do sumiço?
_ Explicou e n√£o explicou disse umas coisas meio vagas, ai disse que foram compromissos, problemas de sa√ļde com a m√£e, mas isso n√£o √© desculpa para n√£o me mandar uma mensagem ou dar uma ligadinha que seja ne? N√£o estou nem falando de vir, mas uma mensagenzinha? Quanto tempo ele demora para escrever uma mensagem?
_ Há Santiago homem não é como mulher que faz mil e uma coisas ao mesmo tempo, vai ver ele nem lembrou.
_ Mariza?!
_ Não estou dizendo que ele não lembrou de você, estou dizendo que ele nem deve ter percebido que não te deu noticias.
_ √ą realmente ele disse isso.
_ Esta vendo? Sei bem como é isso tenho um exemplar la em casa.
_ Ele disse estar planejando um final de semana todo nosso.
_ Hum que surpresa! Quando?
_ Ent√£o... Isso ele n√£o disse, falou apenas que sera em breve.
_ Menos mal talvez vocês saiam, ele te leve para algum lugar.
_ Pela forma como ele disse estou esperando algo deste tipo.
Dias depois Augusto aparece diz que sua irmã vai viajar com as crianças e que levara a mãe junto, isso nos daria um fim de semana para passarmos inteiro juntos.
Que ótimo Augusto e quando você vem? Sexta à noite?
Nada disso você é quem vem, vira para minha casa e passaremos o final de semana la, mal posso esperar para poder dormir abraçadinho e acordar ao seu lado no outro dia sem ter que me preocupar em ir para casa.
_ Na sua casa?
_ Sim, algum problema?
_ Não, será ótimo! Mas uma pergunta porque isso? Porque na sua casa e não aqui se tem tanto medo da sua mãe descobrir que você é gay e se algum vizinho nos ver?
_ Bom Santiago sabe... sou um homem muito discreto, n√£o sou mais um garot√£o eu tenho que pensar nas consequ√™ncias dos meus atos, muitos veem isso como uma encena√ß√£o, fingimento eu vejo como um modo de vida uma forma de n√£o me machucar mais que o necess√°rio. Eu tenho um trabalho que muitos dos meus clientes que se soubessem que sou gay n√£o continuariam com meus servi√ßos, mesmo se divorciando, traindo, se negando a assumir filhos, pagar pens√£o se dizem tradicionalistas e conservadores aos valores da fam√≠lia. Minha m√£e nunca aceitaria um filho com sexualidade diferente de heterossexual, ela tem suas convic√ß√Ķes j√° esta em idade avan√ßada n√£o vejo o porqu√™ conflitar com ela agora s√≥ serviria para deixa la chateada e com o estado fr√°gil de sua sa√ļde se acontecesse algo com ela apenas serviria para me deixar ainda mais culpado. Ter parentes e amigos me julgando al√©m de toda a sociedade por algo que acontece apenas no sigilo de um quarto na minha idade n√£o √© algo que quero e nem preciso no momento e por mais que eu saiba que voc√™ quer mais, quer sair por ai e n√£o v√™ nada de mais , realmente, podemos sair e sairemos mas por tudo isso eu preciso me sentir seguro em uma rela√ß√£o e voc√™ esta me fazendo me sentir assim e √© por isso que vou abri as portas da minha casa para voc√™ como estou abrindo as portas do meu cora√ß√£o .
_ Nossa!
_ Veja isso como um pequeno passo, um voto de confiança e logo poderemos dar mais um e outro e quem sabe todos estes medos um dia acabem e eu me sinta tão seguro ao seu lado que a opinião dos outros não interfiram mais em nossa relação.
_ Nem sei o que dizer... so espero poder retribuir todo esse carinho.
_ Esta e por isso que quero que este final de semana seja algo diferente, você sempre me pede para sairmos e passearmos em outro lugar, conhecer um pouco mais de mim e faremos isso em uma tacada só.
_ Bom tecnicamente n√£o iremos sair, ficaremos novamente dentro de casa s√≥ que ser√° uma outra casa e n√£o aqui, mas tudo bem como voc√™ disse j√° √© um come√ßo e sim vou conhecer um pouco mais do misterioso ‚Äúsr. Augusto‚ÄĚ.
_ Nossa ‚ÄúSr. Augusto‚ÄĚ me senti um velho agora kkkk
Lacei com meus braços o pescoço de Augusto e o beijei e disse:
_ Foi apenas uma forma de falar meu lindo. Sabe que você é perfeito para mim não sabe?
_ Assim espero.
Depois de mais alguns beijos.
_ Cadê a pipoca? Já fez ou quer que o mestre cuca das pipocas aqui faça?
_ O Fogão é todo seu mestre.
_ Hummm ai sim, nada dessas pipocas de micro-ondas isso aqui é pipoca de verdade me da só uns minutinhos e vai comer a melhor pipoca de sua vida!
Mais uma noite filme, pipoca, carinhos e sexo em meu apartamento. Augusto era um homem muito carinhoso e tirando os momentos em que atendia o celular, algumas vezes ate indo para o banheiro para que eu não ouvisse a conversa parecia realmente querer estar comigo e era disso que eu precisava alguém que me quisesse alguém que pudesse amar por nos dois para que eu pudesse finalmente esquecer o Raf.... esquecer meu passado de uma vez por todas e me entregar por inteiro para uma nova relação.

Continua...

Autor: Mrpr2
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Parab√©ns pelo conto, adorei um excelente... Mais...
  • You actually make it seem so easy with y... Mais...
  • maravilha de conto fiquei de pau duro ex... Mais...
  • realmente um sonho de consumo ter duas m... Mais...
  • delicia demais deve ser incrivel essa fa... Mais...
  • Mesmo sendo mulher gosto de ler contos g... Mais...
  • of course like your website but you have... Mais...
  • Bom conto Mais...
  • Magnificent goods from you, man. I have ... Mais...
  • vem comer minha mina viadinho mentiroso Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner