Teens - Minha babá perfeita - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa R√°pida


Minha bab√° perfeita

Ver todos os Contos Eróticos de Marujo39

Referência (ID): 1080
Eu e minha esposa estamos trabalhando muito e n√£o teve jeito, tivemos que contratar uma bab√° pro nosso mlk...
Mas como não temos como pagar muito tivemos que chamar alguém conhecido e menor...
Contratamos uma menina de 16 anos pra cuidar do mlk, por mim de boa a idade não importa desde que fosse responsável, mas a menina é meio boba.. sei lá... tem 3 meses que estamos com ela já no primeiro mês eu acordei após ter trabalhado a noite e lá estava ela no sofá deitada de vestido... peito aparecendo vestido levantado... meu eu sou muito tarado... assim não dá...
Claro que eu n√£o me contive... tirei fotos c o celular... bati uma punheta gostosa pra ela...
Você se contentaria com isso? eu tb não...
no outro dia quando acordei, ela estava na cozinha, eu mandei uma das fotos pra ela...
o celular tocou, quando ela viu arregalou os olhos rss eu encostado na porta olhando p ela falei:
-- √Č mocinha voc√™ precisa ter modos!
Ela:
--Me... me desculpe... eu... ai que vergonha...
Eu:
--Vergonha? você é uma menina perfeita!
--Tirei só umas 20 fotos suas...
Ela:
--Por favor, apaga... n√£o quero problemas preciso desse emprego.
Eu:
--Você não vai perder... eu que decido!
posso brincar mais um pouco c a fotos? depois eu apago... rss
Ela:
--Como assim brincar? apaga por favor.
Eu:
--Ta eu apago... mas quero ver ao vivo!
Ela:
--Não! eu moro de vergonha... ninguém nunca me viu assim!
Eu:
--Bom... então ta... depois eu apago... tenho um amigo que vai se deliciar c suas fotos... ele é tarado rss
Ela:
--NÃO! NÃO FAZ ISSO! eu mostro...
Eu:
--N√£o po... deixa... vc tem vergonha deixa...
Ela levantou aquele vestidinho lindo e pude ver sua chaninha virgem sobre a calcinha branquinha apertada lindaaaa
Ela:
--Chega! agora apaga por favor!
Eu:
--Como assim? eu tenho fotos melhores do que isso... quero ver toda... e sem calcinha
Ela:
--Ai... por favor... N√£o...
Eu:
--Ent√£o ta... bom vou indo... visitar um amigo...
Ela:
--N√£oooo! ta bom ta bom... eu mostro...
Eu:
--Vem c√° pro quarto...
Sentei na cama, mandei ela se aproximar, levantei seu vestido, pude sentir o cheirinho de buceta virgem que vinha do meio de suas pernas grossas fui logo abaixando sua calcinha... que bucetinha pequena e linda... td no lugar dei uma beijo...
Ela:
--N√£o! isso n√£o!
Eu:
--Quero beijar ela agora! vem aqui...
Ela veio cheia de vergonha..
Dei um longo beijo de língua na sua bucetinha gostosa que já estava toda molhada e ela se tremia como se estivesse com frio
Com a mão não sua bunda eu puxava ela pra alcançar mais longe minha língua na sua buceta enquanto ela segurava na minha cabeça
coloquei uma de suas pernas em cima da cama e alcancei seu cuzinho com minha língua... ela gemia de tesão...
--Chega... por favor... chega...
Mas seu corpo dizia o contr√°rio.
Deitei ela na cama tirei sua calcinha, abri suas pernas com alguma violência e chupei muito sua buceta molhada... passava a língua no cuzinho e ela se contorcia toda mostrando ter muito tesão naquela região.
Subi e beijei sua boca pra ela sentir o gostinho de sua buceta ela me beijou como uma fera passei o pau na sua buceta ela p√īs a m√£o...
Ela:
--Não! eu faço o que quiser mas isso não... sou virgem...
Eu:
--Como vc quiser... rs
Abri suaas pernas como uma bailarina e coloquei meu pau naquele cuzinho quente e molhado por sua buceta... ela chorou um pouco afinal meu pau √© grosso e enorme... Soquei com for√ßa e ela me empurrando querendo me fazer parar e eu cada vez mais forte socava sem d√≥ dela, segurei suas duas m√£o e acabei de arrombar aquele c√ļ apertado socando tudo pra dentro... deu pra ver as l√°grimas nos seus olhos e eu socando com for√ßa... ela gritava pq eu tirava e enfiava tudo com viol√™ncia...
Virei ela de costas e coloquei novamente na sua bunda
--Dói assim... dói?
Ela:
--Chega por favor! { Chorando }
Eu soquei soquei apertando seus ombros puxando pra tr√°s... vou... goz.... ai caralhooo que c√ļ gostoso minha puta!
Gozei dentro do seu c√ļ arrombado por mim...
Deixei ela na cama e fui pro banheiro, lavei o pau e voltei com ele j√° duro...
Ela:
--Chega...! eu vou embora...
Eu:
--Chupa primeiro e eu deixo vc em paz...
deixei ela mamar no meu pau, na hora de gozar deitei ela na cama e soquei na sua boca... gozei na garganta dela, ela tossia engasgada com tanta porra! bati meu pau j√° ficando mole na sua cara e disse:
Quer ficar trabalhando aqui?
vai ter que mamar meu pau todo dia!
Ela:
--Eu faço o que o senhor quiser... mas apaga as fotos.
Apaguei as fotos!
Ela espera minha esposa sair e sempre pede pra bater uma p mim ou pra mamar no meu pau... eu judio do c√ļ dela, mas ela n√£o me libera a buceta... ela ainda √© virgem por√©m viciada em me dar o cu!
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Er√≥tico. Registe-se, é gratuito.

Coment√°rios  

 
-1 #1 Piriquitodoido 13-07-2016 16:37
Boa Tarde! Gostei muito do seu conto, senti muito prazer Obrigado!!!!!!
Citar | Reportar ao administrador
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

√öltimos Coment√°rios

  • Great post. I'm confronting a couple of ... Mais...
  • That meant that if a German resident ask... Mais...
  • You should participate in a competition ... Mais...
  • You should participate in a competition ... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • Interessante como √© poss√≠vel muitos home... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, ... Mais...
  • Adoro mulher safada assim... E principal... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner