Teens - Sendo preparada pra casar - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


Sendo preparada pra casar

Ver todos os Contos Eróticos de Almir100a

Referência (ID): 1133
Como falar de algo que me marcou tanto e fez de mim o que sou hoje, saber se foi bom ou ruim? Minha descrição: pele branca, cabelo castanho claros, seios médios, coxas grossas e o bumbum acompanha minhas coxas, sou baixinha, com 1,55m.
Aconteceu quando fiz 16 anos, tudo que aprendia era em casa com meus pais, ou no colégio com meus professores, até meu pai chegar dizendo que tinha encontrado meu futuro marido.
O Pastor(Tiago) ficou incumbido de me explicar como ser uma boa esposa. Minha mãe me levou até ele, a conversa foi sobre educação, obediência e ficou acertado que teria algumas aulas com ele. Meu namorado era um rapaz de 24 anos, baixo, meio gordo. Na segunda aula com o pastor fui sozinha e ele me explica que devo fazer tudo que meu marido quiser, e que terei um ótimo casamento se seguir estes ensinamentos, informou-me que o que aconteceria dali em diante seria para me ensinar a agradar e receber meu marido, juro e ele manda tirar a roupa, fiquei imovel e ele pergunta se não compreendi, vem até mim e eu com vergonha obedeço e me dispo, tira algumas fotos minhas e depois senta e manda que me aproxime e que não devo ter vergonha de meu corpo, toca meus seios e meu corpo todo, manda que me ajoelhe e abrindo as calças tira ELE das calças, fala que devo pegar nele e chupar como se fosse um sorvete, coloco na boca, com um gosto forte e amargo, chupo e ele aumenta de tamanho, até quase não caber na minha boca, deito na mesa dele de costas e tenho minha intimidade examinada, tocada, aberta, enfia um dedo na minha bunda e informa que sou bem quente la dentro, parado a meu lado coloca o pau na minha boca e me faz chupar de novo enquanto me toca e aperta meus seios até soltar algo gosmento em minha boca, mandando que engula e eu gozar nos dedos dele, coloca as calças e manda que da próxima vez venha sem nenhum pelo em baixo, que é mais higiênico e que irei aprender a receber um homem, vou para casa.
No dia marcado raspo meus poucos pelos, Tiago me recebe e me pergunta se estou limpa e respondo que sim, manda tirar a roupa e deitar na mesa de costas e abre minhas pernas, me examina e esfregando minha buceta e enfia um dedo na minha bunda, pede que abra a bunda com as mãos e coloca dois dedos dentro de mim, reclamo que esta doendo e ele fala que tenho de ser forte para aguentar tudo que meu marido queira fazer comigo e continua enfiando e tirando os dedos até eu gozar nos dedos dele, me faz chupar ele e depois de alguns minutos, gospe no meu cu e enfia o pau até eu gritar de dor, tapa minha buca com a mão e fala que sou muito apertada, fica parado enquanto me acostumo com o volume, toca minha vulva e quando relaxo continua a enfiar em mim até estar todo dentro e começa a tirar e enfiar em mim, arde no começo, mas depois começo a gostar, gozo e ele vem gozar na minha boca, me deita de bruços na mesa e passa um creme no meu cu e fica enfiando algo em mim sem me deixar ver e quando esta duro de novo entra todo dentro de mim de uma vez e segurando nos meus cabelos me fode até gozar na minha bunda e me parabeniza por ter agüentado tudo, eu estava toda ardida, mas havia gozado algumas vezes, pede que volte em duas semanas e neste tempo reze bastante, informou que teria uma conversa com meu namorado.
Fui para casa com dor, mas feliz, pois havia agüentado tudo, me comportei como se nada tivesse acontecido. Minha mãe perguntou como estavam indo com o Pastor e eu respondi que aprendia como me comportamento com meu marido quando estivéssemos a sós, era o bastante para minha mãe.
Meu namorado mais falava com meu pai a respeito de trabalho do que comigo. Certo dia pede a meu pai que nos autorize a sair para um lanche ao que meu pai com algumas ressalvas autoriza. Depois de algumas quadras para o carro e me da um beijo na boca e pega nos meus seios, falo pra me largar que aquilo não é direito e que quero ir pra casa, pede desculpas e vamos tomar o lanche. Sem mais incidentes acaba aquela noite e vamos para casa.
No dia marcado, me depilo e volto a ter com o Tiago, me venda e fala
que daquele dia em diante não mais me deixara velo nu, pois será melhor para mim que pense ser meu marido e não ele, após me despir manda que fique de quatro e enfia os dedos em mim, me alargando e lubrificando meu buraquinho, enfia o pau todo dentro de mim e me fode lentamente e depois manda que sente em cima dele e deita no chão, sento e ele enfiando tudo de uma vez me solta e fala pra fazer meu serviço, começo a subir e descer enquanto ele aperta e puxa meus seios e depois de algum tempo pede que o chupe e goza na minha boca, fico de quatro e sinto algo mais grosso entrando em mim e tento reclamar ao que sou repreendida e continua a enfiar aquilo em mim, me acostumo com o tamanho e começa uma seção de vai e vem que me faz gozar até eu estar totalmente exausta, depois de alguns segundos manda tirar a venda e colocar a roupa, me pergunta se já havia saído com meu noivo sozinha e respondo que sim e conto sobre o incidente, ele me informa que não havia nada de mais em uns amassos no carro, desde que não toque minha boceta e se ele pedir que o chupe, que o faça, pois será bom para acalmá-lo, mas terei de pedir que me ensine a chupar, me manda pra casa e vou dolorida, mas feliz por ter agüentado tudo o que o Tiago tinha me ensinado (enfiado).
Com meu namorado as coisas iam bem, saimos as veses, dei um beijo na boca dele e ele me deitou em seu colo pedindo que o chupasse e eu chupei, mas eu apenas deixava ele pegar nos meus seios.Tinha um pau maior do que o do Tiago. As aulas com o pastor continuam e ele continua a me ensinar para que eu aprenda como me comportar com meu marido depois de casada. Eu gostava cada vez mais de dar para ele, na ultima aula antes de marcar meu casamento, Tiago me recebe e após me vendar pede que sente no pau dele e o faça meu trabalho, só que sem tirar a roupa, sento em cima dele e enfio na minha bunda e faço ele gozar, levanto e chupo seu pau para limpa-lo, depois ele manda que me masturbe para ele ver, após gozar ele me pede que tire a venda e sente na cadeira e depois me pergunta sobre o que eu aprendi naquelas aulas, respondo que pelo que sei devo priorizar o prazer de meu marido e que devo fazer o possivel para satisfazer ele não importando o quanto terei de me esforçar para isso, recebo um beijo na testa, me pede que espere 2 meses para me casar e por fim informa que após a primeira noite com meu marido devo voltar a ter com ele para que possa me examinar uma ultima vez, concordo e vou para casa, caso em 3 meses e após a noite de nupcias vou ter com o Tiago na parte da manha e ele me pergunta como foi a noite e respondo que depois da festa fomos para casa, me mandou tomar banho e deitei na cama e ele veio por cima de mim e enfiou tudo dentro de mim, mexeu algumas vezes e gozou dentro, me fez chupar ele e quando estava duro enfiou de novo na minha buceta e só parou depois de gozar de novo, aguentei firme, gozou e falou que da proxima vez comeria meu cuzinho, deitou de lado e dormiu, de manha me acordou colocando o pau na minha boca e depois de umas chupadas enfiou na minha buceta e a fodeu longamente, tive dois orgasmos, me virou de quatro e enfiou na minha bunda, fiz uma gritaria e ele bateu forte na minha bunda me mandando ficar quieta e continuou a enfiar até gozar na minha bunda, me mandou fazer o café dele, tomou o café e foi trabalhar.
Tiago pede que deite na mesa, examina minha vulva, enfia os dedos nela e tirando o pau pra fora enfia em mim, elogia minha buceta e fica revezando as metidas entre minha buceta e cuzinho até gozar na minha buceta, fala que devo voltar todas as veses que me sentir sozinha, que ele me receberá sempre e irá me atender até onde puder. Vou para casa feliz por ter aprendido com o Tiago como me comportar com meu marido.Fim
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Great post. I'm confronting a couple of ... Mais...
  • That meant that if a German resident ask... Mais...
  • You should participate in a competition ... Mais...
  • You should participate in a competition ... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • Interessante como é possível muitos home... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • Perfeito... Adoro contos assim... Perigo... Mais...
  • (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, ... Mais...
  • Adoro mulher safada assim... E principal... Mais...

Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner