Traições - Vizinha Casada e mãe I - Contos Eróticos

Contos Eroticos

                   

Pesquisa Rápida


Receba os Contos Eróticos Picantes no seu Email

Insira o seu Email:

Patrocinado por FeedBurner

Vizinha Casada e mãe I


Referência (ID): 122
Sempre gostei de mulheres maduras. Tenho 1,75m e 67 kg e é a 1ª vez que escrevo para este site. Hoje estou com 40 anos, mas minha história começa quando eu tinha 11 anos e tive a primeira atração por uma mulher. Ela era mãe de meus dois colegas de infância, tinha 33 anos e parecia-me muito fiel ao marido. Não direi seu nome para não comprometê-la.
Um dia, eu estava na casa de meus amigos quando a porta do quarto da mãe deles se abriu e pude ver ela apenas de calcinha e sutiã. Era a primeira vez que via aquela imagem que jamais saiu de minha mente. Era uma mulher normal, mas foi a fêmea que eu mais desejei em toda a minha vida.
Não sabia quase nada sobre sexo, mas a noite em casa na hora de dormir, comecei a alisar o pau, pensando naquela beldade que eu havia visto durante o dia.
E isso se repetiu por várias noites, até que me masturbei agarrado e comendo um travesseiro pensando nela e pela 1ª vez gozei.

Os anos foram se passando e o tesão aumentando. Sempre dava um jeito de estar por perto dela. Aos 16 anos, meu amigo contou- me que o casamento de seus pais não andava muito bem. Achei que era a hora de investir em meu tesão reprimido. Comecei, sempre que podia tocar na mão daquela senhora, como se fosse sem querer, mas cheio de segundas intenções. É claro que ela notou...
Então, chamou- me para conversar a sós, e perguntou-me porque que sempre que eu pedia o isqueiro para ela, eu tocava em sua mão.
Fiquei sem jeito e recuei, Disse que não era nada do que ela estava pensando, que tinha sido sem querer, e blá.. blá... blá...
Ela respondeu que ainda bem, pois até pensou em falar para os seus filhos,e que eu estava me tornando homem e poderia estar com outras intenções. Na hora gelei e resolvi esquecê-la...

Um ano se passou, e novamente meu amigo disse que seus pais não estavam bem. Disse até que seu pai havia tido um caso amoroso.
Foi aí que a Diva das minhas punhetas me procurou dizendo que precisava de um favor:
- Olha, está aqui um número de telefone e eu quero que você ligue nesta empresa e diga que “fulana de tal” está fazendo jogo do bicho .
Entendi na hora se tratar de uma vingança contra a amante de seu marido.
Dois dias depois, ela voltou a me procurar:
-Você ligou
- Sim, respondi .
-Agora eu quero que você ligue para o meu marido e diga assim: Sua mulher está muito bonita!
Dessa vez eu disse à ela:
- Olha, eu faço isso, mas eu também quero um favor seu !
- O que é, respondeu
- Na hora certa vou falar.

Os dias se passaram e ela nem falava mais sobre o telefonema para o marido. Só queria saber o que eu queria em troca.
Eu não tinha como dizer. Não tinha pintado um lugar propício.
Um dia estava eu, ela e seu filho na sala, e seu marido dormindo no quarto. Alguém chamou no portão e seu filho foi atender. Era algumas meninas e ele ficou conversando no portão. Então ela me indagou novamente:
- O que você quer ?
Estavámos sentados no sofá. Eu estava nervoso, mas com o cacete quase pulando p’ra fora da bermuda. Então eu disse:
- O que eu quero é isso.
E puxei para um ardente beijo.
_ Não... Não... aqui não... Meu marido está no quarto e pode vir aqui a qualquer momento... E eu só tenho relação depois de um banho... até para beijar eu sou assim...
Afastei- me e ela continuou :
- Olha, eu não sinto nada por você... tenho idade p’ra ser sua mãe...desde quando você sente isto que está sentindo por mim ?...
Inventei qualquer história e nesse momento o filho dela voltou.
Fiquei mais um pouco e fui p’ra casa.

À noite , por volta das 8 horas fui novamente até a casa deles para chamar seu filho para irmos em uma balada. Ela atendeu-me e disse que seu filho estava dormindo e o outro havia saído. Perguntei sobre o seu marido e ela me disse que ele também havia saído. Disse- me que esperasse um pouco debaixo da garagem, pois iria ver se seu filho continuava a dormir.
Voltou e veio direto para os meus braços. Puxei-a com vontade e beijei-a intensamente... Foi o beijo mais gostoso da minha vida...encostei-a na parede e comecei a beijá-la com ardor. Ela correspondia com um beijo molhado e se esfregando em meu pau. Abri sua blusa e comecei a mamar naqueles seios deliciosos. Ela gemia baixinho e sussurrava :-Por favor, não me deixe marcada. Eu não tinha quase nenhuma experiência, mas o tesão conduzia as minhas ações. Levantei sua saia e alisei aquela buceta de pelos ásperos. Sentia-a toda molhada e abaixei-me na altura de sua cintura. Meti a boca naquela xavasca peluda e suguei todo aquele néctar. Ela forçava minha cabeça dizendo:
- Isso filho da puta !!! Chupa esta xoxota... mete a língua dentro dela... não era isso que você queria e sempre quis ?
Eu sugava e mordiscava como um louco, fazendo-a molhar todo o meu rosto.
Ela então me puxou em direção a sua boca, beijando-me e dizendo que queria sentir o gosto de sua própria buceta. Eu a beijava e enfiava minha língua em seu ouvido, deixando-a louca.
De repente, ela abaixou-se junto à minha cintura, abriu a minha calça e em um “golpe” só, abocanhou minha vara que estava quase estourando de tesão. Engolia, lambia... engolia de novo... mordiscava a cabeça me deixando louco. Eu podia ver a baba escorrendo de sua boca deixando-me alucinado:
Vai sua vaca... engole minha pica... você tá louca de tesão... Hoje vou fazer o que sempre desejei. Vou arrombar você todinha !!!
Puxei-a para cima e a virei de costas para a parede. Levantei sua saia, desci, passei minha língua por toda a extensão do seu rego até a buceta. Então coloquei a pica na entrada de sua gruta e enfiei...enfiei de uma vez. Ela soltou um gritinho e começou a delirar:
- Puta qui pariu... que gostoso... Vai... enfia seu filho da puta... diz que eu sou gostosa... come essa buceta... me rasga... enfia até o talo.
E eu fodia... fodia com gosto... dava estocadas, parava... enfiava de novo e metia a língua em seu ouvido dizendo :
-Gostosa do caralho... sempre quis que você fosse minha puta... agora você é minha... minha cadela... vou te arregaçar... toma sua puta... você gosta de rola né... rebola !!!
- Gosto... que rola gostosa......... agora eu sou sua puta... que caralho gostoso...já devia ter te dado a mais tempo... vai seu filho da puta... fode essa buceta peluda... seu puto safado... !
E fodemos... fodemos p’ra valer ... ela começou a se abaixar, ficando de quatro sem deixar minha pica sair de dentro daquela buceta de mãe e esposa fiel. Eu segurava o gozo p’ra aproveitar cada momento... Ela rebolava, jogando o quadril para trás e forçava a buceta como se mordesse meu pau. Minha pélvis já estava todinha melada com seu gozo e meu rosto todo lambuzado com sua saliva.
Não resistindo mais, avisei-a que iria gozar. Então ela disse:
- Vai filho da puta... goza dentro da minha buceta... lava minha xota com essa porra... goza que eu vou gozar também no seu cacete...ahhh!!! ... Vou desmaiar de tesão... goza... goza... ahhhha!!!
E eu gozei de uma forma maravilhosa naquela buceta madura. Gozei muito... Sentia como se minha alma saísse de dentro de mim. E ela dizia:
-Caralho... tô sentindo toda a sua porra dentro de mim... Seu filho da puta tarado !!! Me fudeu toda... ahhhhha... que gostoso filho da puta!

De repente ouvimos barulho que vinha de dentro da casa ! Seu filho havia acordado. Nos arrumamos depressa e ela entrou toda desengonçada. Seu filho, meu amigo, já tinha ido p’ro chuveiro.
Então ela me disse:
- Pronto ! Esta pago ! Não vai acontecer de novo . Se você contar p’ra alguém eu te mato !!!
Fiquei decepcionado, achando que nunca mais a teria de novo. Mas...
Contato:
é necessário estar logado para enviar uma mensagem ao autor do Conto Erótico. Registe-se, é gratuito.
nopic

Comentários  

 
+3 #1 doido 26-03-2013 21:29
mentira louca um cara que nunca fez sexo vai saber dar trato na mulher? nunca.
Citar | Reportar ao administrador
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Caminho:

Últimos Comentários

  • Me chame no whats 0 sou novinha mas gara... Mais...
  • Nossa MT gostoso seu conto . gatas me ch... Mais...
  • adorei mesmo acredita assim e que e. a m... Mais...
  • Heʏ there! This is my fіrst vosit to yοu... Mais...
  • analfabeto Mais...
  • Pah se fores corno manso deixa rolar mas... Mais...
  • Me add pf eu quero falar com vc e ter um... Mais...
  • Muito bom...mas há algumas divergências ... Mais...
  • Meu whatssap. Mais...
  • Gostei.... Mais...